Aprenda a administrar o seu tempo

 

Aprenda a administrar o seu tempo

Aproveite as 24 horas do seu dia!

Um dia com mais de 24 horas, quem nunca Sonhou? Parece que o tempo nunca é suficiente para cumprir todas as tarefas que temos em nosso cotidiano. Realmente o tempo voa e não para e nem volta para ninguém. O mundo mudou e se tornou mais agitado e com mais compromissos em relação à antigamente, e temos que nos adaptar a essa mudança. Mesmo com o aumento dos compromissos e mudança de ritmo na vida, o dia continua com 24 horas, mas é possível cumprir todos os compromissos se houver organização e disciplina. 

Aprenda a administrar o seu tempo!

Mas antes de se organizar e se autodisciplinar é preciso atitude, o que falta para muitas pessoas. Você precisa querer mudar, você precisa ter essa atitude, por em ação a vontade de um tempo bem administrado.

Não é fácil se organizar quando não se há um costume ou um aprendizado recebido em relação ao tempo. Ter o espírito de se autodisciplinar é outro passo difícil, pois é preciso muitas vezes ir contra hábitos adquiridos. Para mudar um habito nada melhor que adquirir outro.

Por isso listamos algumas dicas que podem ajudar na administração e melhor proveito do tempo.

.Planeje o seu dia

Coloque  as  suas tarefas do dia no papel, Outlook, agenda, aplicativo de celular , melhor ainda se ela estiver marcada com horário de inicio e fim da execução da tarefa. Crie um check list e vai checando cada atividade programada. È bom em seu planejamento ter prazos, isso motiva o cumprimento e evita o desperdício de tempo

.Separe as tarefas

Um erro que muitas pessoas cometem é não priorizar as tarefas e separar o que é importante e o urgente. Geralmente o importante tem um prazo maior para execução, o urgente é como apagar incêndio, precisar ser feito imediatamente. Comece pelas tarefas mais difíceis, pois no inicio do dia você tem mais disposição e depois vá para as mais fáceis.

.Começou, termine!

O velho ditado, nunca deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. Começou uma tarefa, faça o seu melhor para concluí-la, a não ser que seja uma tarefa de cumprimento gradual ou processual. Muitas pessoas caem no erro de começar varias tarefas, e acabam se perdendo e não conseguem ir adiante e concluir todas.

.Descanse a mente

Em inglês há uma gíria para aqueles que são viciados em trabalho, essas pessoas são chamadas de workaholic. Não conseguem parar de trabalhar e forçam o máximo suas mentes e saúde, trazendo muitos males para seus corpos. É essencial ter pequenas pausas para que a mente descanse. Dê uma volta, tome um café, leia um artigo, escute uma música, ou seja, se distraia por alguns minutos.

.Não se estresse

Geralmente nos estressamos não pelas coisas que fizemos e sim pelas que deixamos fazer, por isso é importante seguir essas dicas, assim você conseguira administrar melhor seu tempo e não se estressará tanto. Aprenda a delegar tarefas, isso torna o fardo menor e você terá menos preocupação. E quando for preciso, diga não, pois é melhor negar do que acumular trabalho e não conseguir dar conta, e acabar se estressando.

.Aproveite a tecnologia

Hoje vivemos em um mundo totalmente moderno e tecnológico, então aproveite isso a seu favor. Use a internet para conferencias online, faça seus pagamentos pela internet evitando esperar na fila do banco, use aplicativos que ajudam na administração do tempo e outros programas de computadores que facilitam a execução de tarefas. Mas cuidado para não se tornar refém das redes sociais, e ter seu tempo roubado.

Tente seguir esses passos simples no seu cotidiano, e você irá ver uma mudança em seu tempo e disposição. E não se esqueça, é preciso uma atitude pessoal, para que você vá de encontro com a organização e disciplina através desses passos citados acima.  Não seja refém do tempo, e sim o mestre de seu tempo.

Aproveite as 24 horas do seu dia!

Adm tempo

Brasil – 7ª posição nas maiores economias do mundo

Brasil - 7 posicao das maiores economias do mundo

Segundo o IBGE, o Brasil continua na 7ª posição nas maiores economias do mundo, com um crescimento de 0,9%, totalizando R$ 4.403 trilhões, estando entre as economias mais dinâmicas do mundo.  

O Brasil é um grande produtor e exportador de diversos tipos de mercadorias, entre elas commodities minerais, agrícolas e manufaturados.

A União Europeia é o seu maior parceiro e investidor comercial. Empresas europeias tem um papel importante para a industrialização do Brasil, e são responsáveis pelos maiores investimentos no país.

A agência de avaliação AlphaValue listou 22 empresas europeias que tem 15% de suas vendas globais no Brasil.

França

Carrefour (supermercados)
Casino (supermercados)
Rhodia (farmacêutica)
Vallourec (siderurgia)

Portugal

Brisa (concessão de rodovias)
Cimpor (cimento)
Galp Energia (petrolífera)
Sonae (varejo)

Alemanha

Celesio (rede de farmácias)
MAN (montadora de caminhões)
ThyssenKrupp (siderurgia e bens de serviço)

Espanha

Santander (banco)
Telefónica (telefonia)
Repsol (petrolífera)

Suécia

Scania (montadora de caminhões)
Volvo (caminhões)

Bélgica

Anheuser-Busch Inbev (bebidas)

Itália

Telecom Itália (telefonia)

Luxemburgo

ArcelorMittal (siderurgia e bens de serviço)

Noruega

Yara International (produtos químicos)

Reino Unido

BG Group (petrolífera)

Suíça

Syngenta International AG (produtos químicos)

 No Inforgráfico abaixo podemos ver um panorama básico das importações e exportações do Brasil.

Brasil - 7 posicao nas maiores economias do mundo

3 Erros que você não deve cometer em uma negociação

3 itens que voce nao deve cometer em uma negociacao

Negociar não é jogar para um ganhar e o outro perder, e sim buscar interesses mútuos que beneficiem ambos os lados. Muitas pessoas não conhecem a arte de negociar, e levadas por fatores como ambição, pressa e falta de preparo, conduzem uma péssima negociação.

Há fatores importantes que precisam ler levados em conta, para não cair em erros básicos de negociação. Pensando nisso, listamos os 3 erros que você não pode cometer em uma negociação:

1. A PRESSA é inimiga da perfeição

Muitas pessoas não são sensíveis ao tempo, e querem adiantar as negociações com a gana de fechar o acordo. Isso é devido à mentalidade de ganhar e fechar logo um negócio com êxito. É sempre preciso ouvir mais do que falar, analisar as propostas para depois começar a negociar. Nunca chegue dando as concessões de imediato antes do tempo, pois você não conhece a contraproposta e isso passa insegurança. É preciso que o cliente veja em você segurança e preparo que são sinônimos de uma maturidade empresarial, caso contrário, você cairá em descrédito.

2. A INSEGURANÇA não é a melhor aliada

Passar credibilidade é imprescindível em uma negociação, e por isso, em hipótese nenhuma você pode chegar despreparado para uma reunião. Não pode haver a possibilidade de você não conhecer o seu produto, seu concorrente e seu cliente. Faça seu homework e domine o assunto, caso surgir uma pauta que foge do seu alcance, não invente, mas diga que analisará o assunto para trazer uma resposta posteriormente. Isso mostra sua segurança em resolver problemas. Ninguém quer investir no incerto, todos buscam soluções tangíveis.

3. Não me venha com JARGÕES

Para você eu consigo um prazo melhor! Agora que somos amigos, eu consigo um desconto! Se você fechar contrato conosco podemos garantir a melhor quantidade possível!
Evite usar esses jargões, pois mostra a instabilidade e inconstância de sua empresa, e o quanto você joga diferente com seus potenciais clientes. É preciso sim mostrar opções, dar alternativas e até mesmo discutir valores e prazos, mas sem esses jargões de favoritismo.

Mesmo evitando tudo isso, talvez você ainda encontre objeções, mas elas são boas e amadurece o relacionamento que esta sendo desenvolvido. Antes uma objeção, ao invés de silêncio. 

7 Conceitos básicos porém essenciais em negociação

7 Conceitos basicos porem essenciais em negociacaoNegociar não é um jogo de quem vai ganhar e quem vai perder, e sim a busca da sintonia perfeita, para que ambas as partes envolvidas sejam beneficiadas. Claro que haverá sempre momentos que alguma parte envolvida precisa ceder, mas até o ponto que não seja prejudicada. É importante ceder, para que haja retorno no futuro, pois ninguém negocia para perder, e sim para agregar.
O ato de negociar precisa ser levado com maestria, sempre tendo em mente que não é um jogo; não basta ter um produto a venda, e uma pessoa interessada em comprar. Se essa for à motivação, há grandes possibilidades de uma negociação mal sucedida.
Desde os primórdios, o ser humano já tem esse senso de negociação, e vemos através da cultura judaico-cristã.

A Tentação

tentacao

Eva sabia que não devia comer do fruto da árvore do meio do jardim, era algo decisivo. Porém a serpente vem com uma proposta – “certamente não morrereis”. Mesmo sabendo que não era um bom negócio, Eva cede e come do fruto proibido.
E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Gênesis 3:6

Lições do caso: Queda do homem

  • Nem toda proposta é boa, só pelo fato de ser uma proposta;
  • Siga as instruções de seu superior, mesmo que a contraproposta seja boa;
  • O que é agradável e supostamente rentável hoje pode ser prejuízo amanhã (por isso faça o seu homework e pesquise antes de tomar decisões);
  • A tendência é influenciar os outros com sua decisão, por isso tome decisões com cautela.

O final da história todos nós conhecemos, infelizmente para todo ato há uma consequência, e trazendo para o mundo dos negócios, todos querem ser bem sucedidos. Então, para que haja sucesso é preciso saber negociar.

Abaixo listamos 7 Conceitos básicos porém essenciais em negociação

1. Preparo

Businessman doing paperwork with futuristic backgroungPrepare todo o material da reunião, estude e esteja familiar com o assunto. Assim você pode discorrer o assunto pautado com tranquilidade, passando uma sensação de domínio no assunto. Por mais que um cliente esteja interessado em seu produto, ele precisa sentir segurança através de seu discurso.

2. Conquista

business handshake

Ganhar o cliente é um passo imprescindível. Sua cordialidade e tratamento são importantes. Por mais que ele precise de você, nenhum cuidado é dispensado, pois as negociações não visam somente o presente, e sim o futuro também. Então não despreze seu cliente, pois como diz o ditado popular: “um dia é dá caça, e o outro do caçador”.

3.Satisfação

leques

Após conquistar o cliente, procure satisfazê-lo. Não se limite ao plano, pense fora da caixa, se houve necessidade refaça a proposta, seja flexível, busque satisfazer as expectativas sem comprometer seu plano e produto. Analise todas as alternativas, e sugira-as para que o cliente tenha um leque de opções, e se sinta satisfeito com o andar da negociação.

4.Objeções

objecoes

Ao apresentar as opções na busca de satisfação, não tema as objeções, pois são ótimos sinais. Isso mostra o interesse do outrem, e cria uma dinâmica em busca do que é melhor para ambos. Ter alternativas é excelente.

5. Processos

Processos

Procure conhecer o perfil do seu cliente em relação a decisões. Há pessoas que em uma negociação preferem opções, gostam de analisar e ter alternativas. Por outro lados existem pessoas que são focadas em propostas diretas, e querem algo concreto para bater o martelo. Ter essa sensibilidade é muito importante para uma boa negociação.

6. Tomadores de decisão

tomadores-de-decisoes

Esteja sempre atento em relação à pessoa que você está negociando. Geralmente quando a pessoa que decide as negociações não estiver presente, há um grande risco de não haver fechamento de negócios. É muito trabalho e há pouco retorno em não lidar diretamente com os tomadores de decisões.

7. Decisões

decisao

Após todo seu preparo, conquista do cliente, busca da satisfação, atendimento as objeções, analise dos processos e descobrimento do tomador de decisões, é hora de fechar o negócio. Solicite uma decisão, porém sem pressionar. É importante o cliente se sentir confortável para tomar sua decisão.

Quer importar da China? Dicas indispensáveis

Made-in-China

Como saber se estou lidando com a empresa certa? Como saber se meu fornecedor é de confiança?

Esse artigo busca responder essas e outras perguntas comuns aos compradores que buscam importar produtos da China, ou até mesmo de outros países.

Quer importar da China? Abaixo você encontrará disca indispensáveis.

O preço e a qualidade são sempre os primeiros fatores que vem a mente de um comprador, seguido do tempo de entrega.  A China é conhecida por seus produtos Ching Ling, ou seja, preço bom e qualidade ruim. Porém esse quadro tem mudado nos últimos anos, mais e mais as empresas chinesas estão buscando a qualidade e excelência em seus produtos, para atender o mercado global que exige isso.

Muitas pessoas não têm êxito em importação de produtos da China por não pesquisarem com precisão.  Muitos acabam pagando e não recebendo, ou pagam mais do que deviam, e outros não recebem a qualidade esperada.

Há alguns fatores que podem influenciar no preço, qualidade e prazo de entrega:

  • importacao_chinaQuanto mais no interior do país está localizado o produto, a tendência é de o ser mais caro, devido à logística;
  • As fábricas que ficam no centro-oeste e norte têm um preço melhor, porem uma qualidade que pode deixar a desejar;
  • Fábricas situadas em cidades costeiras costumam ter uma produção maior e com melhores preços.

É crucial investigar a idoneidade da empresa antes de fechar qualquer negócio, e abaixo há algumas dicas:

  • Investigar na internet
  • Obter o numero de registro da empresa – equivalente ao CNPJ no Brasil – (Mas somente isso, não é o suficiente para prova a idoneidade da empresa);
  • Contratar uma empresa / escritório de consultoria (Existem vários que atuam entre Brasil – China) para averiguar as credenciais da empresa;
  • Conhecer o fornecedor através de contato pessoal, ou enviar alguém para uma reunião (há muitos brasileiros que moram na China e fazem esse tipo de trabalho);
  • Se possível visitar a fabrica e conhecer a produção.

Após passar por todo esse processo é hora de escolher o seu fornecedor, baseado em alguns pontos importantes.

  • como_importar_da_chinaO fornecedor forneceu informações claras e precisas?
  • Qual a forma de pagamento? 30-70 ou 100%? (Não é indicado fechar um contrato com pagamento no ato de 100%)
  • Há disponibilidade de amostra dos produtos? Qual a qualidade do produto?
  • As taxas estão todas claras e coerentes?

Não faça nenhuma transferência antes de ter checado todas as informações, e ter comprovado a idoneidade da empresa, assim você terá êxito na importação de produtos.